Amarração Amorosa Funciona?

Margem

Há milhares de pessoas pelo mundo, infelizes no amor, que  recorrem a tudo o que lhe indicam para conseguirem segurar a pessoa pela qual se apaixonou. Mas, infelizmente não conseguem êxito e são obrigados a romperem a relação.

Amarração amorosaBoa parte destes desventurados, após longas batalhas sem alcançar êxito, optam por alguns destes extremos: Vícios, desregramento moral ou opostamente se isolam em um quarto, abandonando a vida aqui fora, os amigos, a família e entregam a depressão.

Sem contar os inúmeros suicídios que foram justificados pelo termino de um amor não correspondido ou traição.

Entretanto, alguns conseguem superar esta parte, e após  saírem de um relacionamento fracassado, erguem a cabeça e seguem em frente, mas não suplantando ainda, a idéia de haverem sido rejeitados ou trocados por outra pessoa. 

Seria isso realmente um azar no amor, uma predestinação à solidão? Ou simplesmente falhas, devido ao descontrole emocional ao lidar com o parceiro (a).

Tentativas de controlar ou sufocar a outra parte ao invés de cultivar o amor e respeitar a liberdade alheia, pode resultar em fracasso amoroso.

Gostaria que você ficasse conosco e conferisse o que poderá estar ocorrendo com você, e se realmente existe uma “AMARRAÇÃO AMOROSA”, e quais os passos poderá dar para se soltar dos laços.

O QUE LEVA UMA PESSOA PENSAR QUE ESTÁ COM A VIDA AMOROSA AMARRADA?

Reflita como era sua vida antes de conhecer o seu (sua) ex, ou ainda, caso a pessoa que você se apaixonou, nunca tenha de fato lhe dado esperanças de algum dia desenvolverem uma parceria amorosa.

Como era sua vida antes dele (ou dela)?

É possível que você se sentisse como um passarinho solto, o qual voava para onde desejasse e observava o mundo aqui embaixo, livre da gaiola. Mas, desde que essa paixão te laçou, sua vida mudou completamente.

Os primeiros dias foram maravilhosos, não é verdade? Mil e um pensamentos de ter encontrado finalmente a pessoa certa para partilhar seus sonhos e projetos, o amor de sua vida, sua cara metade e alguém com o qual desejava viver eternamente.

Até que de forma metafórica, um golpe lhe foi dado na cabeça e ao levantar-se atordoado viu que seu mundo havia-se perdido. Ele (ela) foi embora, ou nunca aceitou seu afeto, e agora o que fazer?

Veja que seus dias na gaiola desde estão se tornaram monótonos, angustiante, e saber que o sol nasceu e você não pode voar. Acorda e não tem a presença da pessoa amada de seu lado, e isso o perturba ainda mais.

Já pensou que talvez o laço pelo qual você pense estar preso, na verdade está frouxo e você não percebeu devido a dor que sente na alma?

As pessoas pensam que estão amarradas e dependem de alguém ou algo para solta-las, quando na verdade, a liberdade depende completamente delas, pois o laço está frouxo é só mudar a forma de pensar e se desprender da amarração.

Uma pessoa pode ter sua vida completamente frustrada, devido a cultura na qual cresceu, como em nosso país. Os brasileiros  lá fora em outros países são conhecidos como povo afetuoso, dos abraços e beijos.

Dificilmente você lerá uma noticia que algum japonês tenha se suicidado por paixão ou amor não correspondido. Embora seja comum se matarem até mesmo para não mais precisarem freqüentar a escola.

Como podemos ver, as culturas influenciam no comportamento e decisões das pessoas. No Brasil, se for avaliar de verdade, veremos que boa parte dos suicídios tem como origem a desilusão amorosa.

A boa noticia é que não há necessidade de se optar por esse caminho, existem saídas possíveis para dar a volta por cima e se livrar do aprisionamento afetivo, que causa dor e sofrimento.

Aqui vai para você 5 dicas importantes para  se livrar da amarração amorosa, que funcionará certamente, se você seguir a risca:

5 PASSOS PARA SE SOLTAR DA AMARRAÇÃO AMOROSA

1 Mude sua rota

Caso seja um ex ou uma ex que não esteja lhe dando qualquer esperança de reatar a relação, busque se desconectar dela, desviando aos poucos sua atenção para alguma ocupação pela qual se sinta atraído.

Pode ser, freqüentar uma academia, aula de dança, idiomas, modas, vá substituindo aos poucos seu tempo passando mais horas em afazeres prazerosos.

Evite, no entanto, substituir a pessoa pela qual se encontra emocionalmente preso, por outro companheiro ou companheira de forma rápida.

A  menos que isso surja naturalmente, forçar a barra não lhe ajudará a esquecer ele(a) podendo ainda atrapalhar novos relacionamentos. Dê um tempo e se aplique a limpar sua mente.

2 Faça caridade

Não existe nada mais compensador e que faça uma pessoa se sentir humano, quando se depara diante do sofrimento alheio. Visitar orfanatos, levar bolo para crianças funciona.

 Ir aos asilos conversar com idosos ou qualquer prática que te faça se sentir útil, o ajudará nesta nova etapa de superação.

3 Procure se divertir

Quem disse que você precisa ficar trancado dentro de casa? Já deu uma espiada no jardim do vizinho?  Quem sabe está na hora de perguntar qual tipo de adubo ele coloca em sua horta? 

Faça amizades, converse no ponto de ônibus, se interesse pelas pessoas, pelo o que elas fazem. Quando praticamos a valorização do outro, de alguma forma fazemos as pessoas felizes, e isso sempre retorna para nós.

4 Trate com educação, mas se previna de recaídas:

Certamente sua ou (seu) ex, ao perceber que não é mais o centro de suas atenções, poderá reagir para chamar-lhe novamente a  atenção.

Isso é próprio do ser humano, e algumas pessoa quando estão quase se recuperando ao ver que o antigo amor está tentando se comunicar cede à recuperação e novamente acaba se ferindo, voltando a estaca zero.

Você não precisa maltratá-lo (a) seja gentil, contudo deixe claro que daí para frente será apenas amizade.

A menos que você ele (a) tenha chegado juntos à uma conclusão de que poderão reconstruir um bom relacionamento, com base no diálogo e respeito mutuo.

5 Recomece sua vida

Bom, agora é com você. Após algum tempo de desintoxicação amorosa, sua mente se encontrará aliviada e pronta para dar uma virada na vida.

Levante-se e cresça profissionalmente,estude, reconstrua sua identidade e  aí sim dê uma chance para um amor que não te amarre novamente.

Por mais que alguém odeie você ou tente destruir sua vida amorosa, o único responsável pelo seu sucesso sentimental é você, o qual com a atitude correta será mais feliz do que poderia imaginar.
.

Sampatia Poderosa © 2018 - Todos os Direitos Reservados